n

Música feminina, preta e independente.

Saber Mais

Música feminina, preta e independente.

Para protagonizar as vozes e a arte de mulheres negras e afro-ameríndias, destacando cantoras e compositoras brasileiras da música independente, surgiu, em meio à pandemia, o Frequências Preciosas. Uma plataforma de ações culturais, com difusão, formação e pesquisa. Desde maio de 2020, quando foi criado pela artista baiana Viviane Pitaya, o projeto vem desenvolvendo um importante trabalho de mapeamento e divulgação de trabalhos musicais em todo o Brasil. Agora, fomentando esta cadeia produtiva e ampliando a sua rede, realiza entre os dias 26 e 28 de março o 1º Congresso Frequências Preciosas.

Instagram